sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Poeta Convidado da semana data 26/08/2011

Kley Martiniano




"Coração de vidro"

Essa noite antes de dormir, olhei sua foto mais uma vez, pra que seu rosto fique cada dia mais vívido em minha mente.
Sei que com o tempo seu rosto se apagará em minha memória e será apenas uma lembrança vaga de alguns dias que gostaria que durasse para sempre.
Lembranças do primeiro dia que te vi, da primeira conversa que tivemos...
Do primeiro beijo que te dei...
Hoje, deitado em minha cama tento manter viva essa imagens, desses momentos, dessas lembranças...
Vivi esses dias intensamente ao seu lado, corri perigos, senti o sangue ferver na veia, o coração querer pular do peito, mais sem dúvida, nenhuma emoção do que a de sentir ao meu despedi.
Lembro claramente como foi difícil dizer (mesmo sem querer) que tudo o que passamos e tudo que vivemos não nos levaria a nada.
E ver você tão linda com aqueles olhos brilhantes reluzindo a luz da lua, aquela boca pequena de um sorriso encantador, aquelas mãos macias sob meu rosto... E ao ouvir minhas palavras ficar com o olhar gélido e penetrante a ponto de se afastar de mim...
Aquilo me partiu por dentro me despedaçou como se tivesse levado um golpe fatal no peito, como se de repente uma grande rocha estraçalhasse meu coração de vidro.
E pela última vez, naquele momento senti o calor do seu corpo e o gosto de seu beijo...
Mais mesmo assim me alegro de saber que passei por bons momentos com você...
E que se tudo fosse diferente eu não estaria escrevendo hoje e sim estaria em sua frente e lhe falando mais uma vez que nosso amor duraria para sempre...

Te amo pra sempre!!!

Kley Martiniano

Nenhum comentário:

Postar um comentário